05/12/2018 às 18:07

Período natalino traz promessas de vendas e novos empregos

O Natal é a data comemorativa mais esperada no ano pelo comércio. Entre os motivos desse destaque no calendário se deve a entrada na economia do décimo terceiro salário e os famosos “presentinhos” de natal. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima que a data movimentará R$ 34,5 bilhões, o que representa um avanço de +2,8% em comparação com o mesmo período do ano passado. A previsão de contratação de trabalhadores temporários também aumentou de 72,7 mil para 76,5 mil vagas em todo o país.

“Além da menor pressão sobre a inflação, nos meses de agosto e setembro de 2018, o mercado de trabalho, lastro do consumo no País, registrou os maiores saldos de geração vagas formais em cinco anos. Naturalmente, com a melhora nas expectativas de vendas, a demanda por trabalhadores temporários no varejo deverá crescer”, aponta Fabio Bentes, chefe da Divisão Econômica da CNC.

E no Tocantins não deve ser diferente já que o crescimento do número de vagas de empregos formais vem crescendo mês a mês. Conforme explica a assessora econômica da Fecomércio, Fabiane Cappellesso, se a tendência nacional se confirmar, os trabalhadores temporários no estado já podem comemorar. “Seguindo o pensamento sobre o consumo gerado pela geração emprego formal, pode-se defender que haja um alto crescimento nas vagas de emprego temporário também aqui no estado”, explica.

Para a empresária Caroline Fernandes Marinho, dona da loja Petit Store, o aumento nas vendas se confirma. “Por enquanto não temos a necessidade de contratar novos colaboradores no período, mas as vendas aumentam sim. Sempre no período natalino vendemos muito, cerca de 30% a mais que nas demais datas comemorativas”, explicou.

No cenário nacional, o maior aumento nas vendas deverá ocorrer nos segmentos de hiper e supermercados (R$ 12,3 bilhões), lojas de vestuário (R$ 8,3 bilhões) e de artigos de uso pessoal e doméstico (R$ 5,2 bilhões), ramos que juntos deverão responder por cerca de 75% das vendas natalinas deste ano. O maior aumento real das vendas, contudo, deverá se dar no segmento de cosméticos e perfumarias (+4,3% em relação à mesma data de 2017). 

(com contribuição da Ascom CNC)

 

Problemas com a imagem

Sobre o Sindicato

Sindicato do Comércio Varejista do Estado do Tocantins

  • Endereço:
    Rua D - Qd. 10 - Lt. 1 a 5 - Nº 109 - Setor Eng. Waldir Lins
  • CEP: 77423-030
  • Processo: 426
  • Telefone(s):(63) 3312-1285
    Fax:(63) 3312-1285
  • Email contato: sicovarto@gmail.com
  • Presidente:
    ITELVINO PISONI